16 de outubro de 2007

O inexplicável...


Muitas vezes tentamos defenir o inexplicável...
Insistimos num querer...
Numa razão...
Numa realidade palpável...
As palavras não chegam,
Para atingir a supremacia de tal definição...
Vasculhamos todas as formas,
Percorremos todos os caminhos possíveis...
Mesmo assim...Continuamos sem saber como definir...
Porque conseguimos sentir com um simples olhar,
E não defenir com uma simples escrita?
Acabo de perceber que o "inexplicável" não se define,
É por si próprio...
Sensações, não ao que os olhos vêm,
Mas sim, ao que eles mesmos sentem.
Um florescer...
Há coisas que não são razão de explicação,
E outras que só um estado de alma consegue alcançar...
Devemos nós sentir que não atingimos o inexplicável?
Não diria...!
Digo:
Que chegamos ao cimo de um patamar quando se inicia o sentir,
E o melhor desta visão,
É Partilhar o que não se tem como definir...

Ny

1 comentário:

JCRM disse...

Olá,
É incrivel a facilidade que tu tens com as palavras...A maneira como consegues...explicar o inexplicavel....
Gostei muito, continua...
Fica Bem....
07JCRM@gmail.com